Racismo algorítmico é tema de novo livro de Tarcízio Silva

O pesquisador Tarcízio Silva lança seu primeiro livro totalmente autoral sobre Racismo Algorítmico: Inteligência Artificial e Redes Digitais

No dia 21 de fevereiro será lançado, pela Edições Sesc em formato digital, o livro Racismo Algorítmico: Inteligência Artificial e Discriminação nas Redes Digitais. A obra, que é parte da pesquisa de doutorado de Tarcízio Silva, tem como objetivo colaborar com a reflexão crítica a respeito dos danos algorítmicos recorrentes na sociedade.

Com leitura acessível para não especialistas, o livro dialoga com intelectuais do passado e do presente e mostra como as manifestações de racismo algorítmico são ecos do racismo estrutural que ocorre desde antes do contexto digital. Para Tarcízio Silva, expoente do campo de pesquisa no Brasil, o escrito foi desenvolvido a partir de uma curadoria de conhecimento de vários campos do saber e sua expectativa é que o livro se torne uma introdução robusta para diversos públicos.

Disponível para pré-venda recentemente, a obra é a sexta publicação da Coleção Democracia Digital organizada pelo Professor Sérgio Amadeu da Silveira. O acesso à coletânea – que discute como as mudanças tecnológicas afetam as democracias – pode ser realizado nas principais plataformas digitais ou apps de leitura para celulares.

Sobre o pesquisador

Tarcízio Silva atualmente é Tech + Society Fellow pela Fundação Mozilla, curador na Desvelar e doutorando no Programa de Ciências Humanas e Sociais na Universidade Federal do ABC (UFABC), onde estuda racismo algorítmico e imaginários sociotécnicos de resistência.

Além disso, Tarcízio também é autor da Linha do Tempo do Racismo Algorítmico: uma timeline interativa com casos, dados e reações sobre algoritmos e inteligência artificial.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Rolar para o topo